a dona desse blog
é de uma teimosia absurda. além de ser psicóloga, é leitora, aspirante à escritora, filha, irmã, tia e amiga, é indecisa por natureza, não sabe fazer planos e deixa sua vida ser dominada por uma ansiedade que ela sempre achou que disfarçava bem. acha que todo dia é ideal pra questionar se suas ações estão certas, se está sendo justa consigo, se faz o que gosta (e por enquanto faz). é uma dessas pessoas que gosta da solidão da própria companhia mas não dispensa uma cervejinha com aquelas pessoas que sabem conversar, de preferência em um boteco bem boteco, porque estes servem as mais geladas.

livejournal
orkut
lastfm
twitter
facebook

links
ficadica
lentes coloridas
música de elevador
felicidade plástica
te amo, porra
um solilóquio
assopra tu
fuxicando sobre artes
luckyscars
e a vida, etc.
tofu studio
pipoca com cerveja
don't hesitate to hate
casa da chris
fina flor
fingindo dores
das minhas cores
que besteira
clarissa lamega
circulando por curitiba
terra da garo(t)a
just roll the dice
tantos clichês
I misbehave
vai melhorar, eu juro
superoito
sem pickles
um conto para narciso


passado
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Março 2010
Abril 2010
Maio 2010
Junho 2010
Julho 2010
Agosto 2010
Setembro 2010
Outubro 2010
Novembro 2010
Dezembro 2010
Janeiro 2011
Fevereiro 2011
Março 2011
Abril 2011
Maio 2011
Junho 2011
Julho 2011
Agosto 2011
Setembro 2011
Outubro 2011
Novembro 2011
Dezembro 2011
Janeiro 2012
Fevereiro 2012
Março 2012
Abril 2012
Maio 2012
Junho 2012
Julho 2012
Novembro 2012
Janeiro 2013
Fevereiro 2013
Março 2013
Abril 2013
Junho 2013
Agosto 2013
Setembro 2013
Outubro 2013
Novembro 2013
Dezembro 2013
Fevereiro 2014



  sexta-feira, 30 de setembro de 2011
Sobre meu tipo de calor

Desde criança, adoro essa época do ano. Não sei se é a proximidade do aniversário, se é porque eu sou mesmo uma pessoa do calor, ou se é o fim do ano chegando, mas adoro esse clima. E quando eu falo em clima, falo de uma coisa que tá para além da quantidade de sol ou chuva que se espera para cada época do ano. Falo de uma coisa que parece que muda no ar.

Quando eu era pequena, uma sensação que eu adorava era tomar banho sem sentir frio antes e depois. Eu gostava quando eu ia tomar banho de manhã, antes de ir para escola, e dava para escancarar a janela do banheiro. Gostava de erguer a cabeça e ver enquadrado, pela moldura da janela, o céu muito azul, sem nuvens ou só com aquelas que parecem que foram pintadas por um pincel um pouco relapso. Como uma pincelada mesmo, sabem como? Sempre gostei desse tipo de céu.

É como se esse fosse um clima em que todo o barulho por trás dele, o barulho dos carros, da construção do terreno em frente, dos vizinhos chamando os filhos de retardados, fosse abafado por um ruído do dia. Um ruído que de tão sutil sobrepõe-se sobre todos os outros. E aí, a gente consegue escutar os passarinhos antes de escutar os carros que passam rápido demais na rua.

Nesse mesmo clima, outra coisa que muda é o cheiro. Lembro que quando eu morava em Maringá, toda vez que ia chover eu sabia por causa de um cheiro que as pessoas de lá diziam não sentir. É cheiro de flor sufocada pelo ar abafado que faz com que a gente também sinta um certo cansaço. Flor sufocada que libera perfume e que no jardim da minha mãe tem um cheiro muito bom. Adoro chegar em casa à noite, depois do trabalho, e sentir esse cheiro assim que abro a porta do carro. É que ainda tá quente mas nem tanto, agradável, para fazer coisa que não seja se enfiar embaixo das cobertas para fugir do frio.

É, eu não gosto de frio. Eu acho o frio sofrido e o calor, em compensação, me faz pensar em varanda, me faz pensar no lado de fora do bar, em um suco gostoso e bem gelado. Me faz pensar em horas e horas fazendo nada do lado de fora, numa sombra em que bate vento. Esse é meu tipo de calor, e é por isso que eu adoro quando ele aparece pela primeira vez no ano.

[ 2 Comentários]
eXTReMe Tracker