a dona desse blog
é de uma teimosia absurda. além de ser psicóloga, é leitora, aspirante à escritora, filha, irmã, tia e amiga, é indecisa por natureza, não sabe fazer planos e deixa sua vida ser dominada por uma ansiedade que ela sempre achou que disfarçava bem. acha que todo dia é ideal pra questionar se suas ações estão certas, se está sendo justa consigo, se faz o que gosta (e por enquanto faz). é uma dessas pessoas que gosta da solidão da própria companhia mas não dispensa uma cervejinha com aquelas pessoas que sabem conversar, de preferência em um boteco bem boteco, porque estes servem as mais geladas.

livejournal
orkut
lastfm
twitter
facebook

links
ficadica
lentes coloridas
música de elevador
felicidade plástica
te amo, porra
um solilóquio
assopra tu
fuxicando sobre artes
luckyscars
e a vida, etc.
tofu studio
pipoca com cerveja
don't hesitate to hate
casa da chris
fina flor
fingindo dores
das minhas cores
que besteira
clarissa lamega
circulando por curitiba
terra da garo(t)a
just roll the dice
tantos clichês
I misbehave
vai melhorar, eu juro
superoito
sem pickles
um conto para narciso


passado
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Março 2010
Abril 2010
Maio 2010
Junho 2010
Julho 2010
Agosto 2010
Setembro 2010
Outubro 2010
Novembro 2010
Dezembro 2010
Janeiro 2011
Fevereiro 2011
Março 2011
Abril 2011
Maio 2011
Junho 2011
Julho 2011
Agosto 2011
Setembro 2011
Outubro 2011
Novembro 2011
Dezembro 2011
Janeiro 2012
Fevereiro 2012
Março 2012
Abril 2012
Maio 2012
Junho 2012
Julho 2012
Novembro 2012
Janeiro 2013
Fevereiro 2013
Março 2013
Abril 2013
Junho 2013
Agosto 2013
Setembro 2013
Outubro 2013
Novembro 2013
Dezembro 2013
Fevereiro 2014



  domingo, 9 de agosto de 2009
Sobre orientadores

Quem já escreveu algum artigo, projeto de iniciação científica, painel, enfim, quem já elaborou algum trabalho acadêmico sabe, mesmo que você tenha feito ele de cabo a rabo sozinho, mesmo que você tenha passado meses de angústia, implorando por uma sugestão, uma crítica, uma colocação, ainda assim, se esse trabalho for publicado, o nome do orientador constará como co-autor, e essa publicação enriquecerá o currículo lattes dele mais do que o seu. Aliás, só o fato de ele ter sido orientador do seu trabalho, mesmo que não haja publicação, será melhor pra ele que pra você.

Isso é uma injustiça, mas ninguém disse que a vida acadêmica é justa. Meu dilema é este: entreguei meu artigo em maio, de acordo com o combinado, e fiquei esperando pacientemente durante um mês pelas orientações. Vácuo, barulho de vento, não obtive resposta. Mandei um e-mail simpático. Não obtive respostas novamente. Mandei outro e-mail e recebi a promessa de que, naquela semana, ela se dedicaria aos trabalhos (orienta mais uns 8 além do meu). Vácuo, barulho de vento, não obtive resposta.

Passam-se alguns dias, recebo um e-mail da representante da turma avisando que o prazo para entregar o artigo no protocolo é 24/08. Mando um e-mail educado, mas num tom quase beirando ao desespero. Ela responde a coisa mais incoerente que já ouvi: "Angela, me mande seu endereço que enviarei as orientações pelo correio". Sinto vontade de chorar, mando o endereço de casa e espero uma semana. Vácuo, barulho de vento, não obtive resposta.

Então hoje, duas tentativas desesperadas. Mandei um e-mail, que espero ter sido educado, afirmando que desde maio espero que ela me diga o que presta e o que não vale nada no meu artigo. Lembrei a ela que faltam duas semanas para o prazo do protocolo. Fui otimista a ponto de dizer que, aproveitando as "férias" acadêmicas devido à gripe A, qualquer alteração poderá ser feita com tranquilidade. Enumero minhas dúvidas e concluo o e-mail dizendo que, se ela julgar que não poderá me auxiliar, procurarei um co-orientador que possa.

O passo seguinte foi implorar para uma professora da faculdade ler o trabalho e me dizer o que pensa. Aguardo resposta das duas.

[ 0 Comentários]
eXTReMe Tracker